quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

escritas


estátua em madeira do monge Kuya, séc. XIII.

O monge repetia sem cessar a fórmula Namu Amida butsu que permite, mesmo que seja pronunciada com devoção e sinceridade apenas uma vez, subir à terra do buda Amida. As seis sílabas saem da boca e se transformam em figuras do buda.

2 comentários:

jabuhrer disse...

Muito interessante esta estátua, em que as palavras saem da boca do monge. Como se fosse um balão , nas histórias em quadrinhos.
ab
joão

Marcio disse...

sensacional essa estátua!