sábado, 4 de setembro de 2010

Sebastião Nunes

Poemas da série "A velhice do poeta marginal"


CONJUNTO DE VIDROS, para guardar poemas em conserva.


REDE de pescar, em pleno ar, críticos acostumados a boiar.
MICROSCÓPIO ELETRÔNICO, para análise de poetas universitários


LUPA, para examinar talentos minúsculos.



LUVAS, para pegar poemas sujos.


UNIFORMES de trabalho, para poetas experimentais ou conteudais, tanto faiz





SERINGA: para injeções de talento poético